... Aos apoiadores culturais (físicos e empresariais), que auxiliam com suas presenças e continuidade deste site, meus sinceros agradecimentos. ... "É preciso que os individuos compreendam que a sua existência social está ligada ao solo, ao passado comum e à grandeza moral dos homens de ontem, cujo produto do esforço individual, delegando às gerações de hoje, os frutos deste trabalho. " ...

Minha relação com a Vila Prudente começa em 1973 quando cheguei do Paraná com meus pais, contava nessa ocasião com seis anos de idade, e fomos morar na Rua Imbarié, nº 22 B mais conhecida como a Rua da Santa, por conta de uma "boato" criado por um morador.

Onde hoje é a Avenida Professor Luiz Ignácio de Anhaia Mello, era um descampado, onde brincava com os amigos que fiz na Rua Imbarié, o Nelson, Roberto, Gerson e Reinaldo, e claro que durante as obras aquilo lá se transformou em nosso playground. Comecei minha jornada Acadêmica na Escola Estadual de Primeiro Grau República do Paraguay, que está situada na Rua Carlos Müller nº 21 na esquina com a Rua Dona Genoveva D'áscoli. A minha infância se deu em um ambiente bastante saudável e amistoso, nossas brincadeiras naqueles tempos, era o jogo com bola, pega ladrão, as bolinhas de gude e descer a Rua Indaiá de carrinho de rolimã, uma verdadeira aventura, pois "desembestados" não tínhamos como parar antes de cruzar a Rua Ibitirama, que é um tradicional corredor de ônibus já naquela época, e só parávamos mesmo depois de cruza-la já na rua onde eu morava a Imbarié, é claro que naqueles tempos o fluxo de veículos ali era muito menor. Foi na Vila Prudente que comecei a estudar, a namorar, foi onde conheci a mãe da minha filha, foi lá que fiz meus grandes amigos que seguem hoje cada qual o seu caminho, mas que eu jamais esqueci. Ali no Largo da Vila Prudente ou Praça Padre Damião, jogamos muita conversa fora depois das aulas, foi ali na Santo Emídio que fiz minha primeira comunhão, tomei muito guaraná lá na padaria Big Pão que hoje dá lugar a uma drogaria, e tinha também a pizzaria que ficava no andar de cima da padaria, sem falar claro das Festas de Santo Emídio, e vale aqui a lembrança que eu estava na maior Festa de Santo Emídio já realizada, que foi em 1984 que tomou toda a rua Ingaí, e que contava com um Palco muito grande que ficava na Praça e outro menor no final da rua um pouco menor, e no meio uma rádio para enviar os recadinhos e informar sobre as barracas, nesta festa eu trabalhei na produção, junto com o amigo Mario Ronco Filho, que também foi meu "patrão" lá na Edip comunicações. Foram muitos momentos de alegrias durante os anos que vivi na Vila Prudente, lembranças essas que guardo com muito carinho e que me acompanham até os dia atuais.
 
Data de postagem: 02 julho 2012
Postado por: Sebastião Augusto Alexandre
Viva a vida Intensamente, Limeira-SP, Brasil
http://augustodriver.blogspot.com.br/
Tenho um grande orgulho de onde cresci e me formei como cidadão, as ruas de Vila Prudente são como minhas veias, onde cada esquina faz parte de minha história. Conheci Mario Ronco no início dos anos 80, foi o empresario do conjunto Eclipse onde Marcelo Ramos, Mario William, Silvio Luiz (Silvio Izy) e eu tocavamos rock nas principais escolas e eventos naquele tempo como a Festa de St. Emídio, José Zappy, e Outras que minha memória já me falha pois estou ha doze anos fora do país. Vivo em Toronto e quando visito o Brasil não deixo de rodar pelas principais ruas onde estão cheias de histórias e saudades. Não poderia deixar de escrever algo neste trabalho bonito.
 
Data de postagem: 02 julho 2012
Postado por: Valter Barberini
Editor de um Jornal em Toronto Canada, além de músico e compositor., Chamanta/Cristianopolis.
issuu.com/jornaldagente
Bairro De Vila Prudente : ADOLESCENTE AOS 121 ANOS !




Lembrar que ainda nos anos 60, o Bairro de Vila Prudente dependia do Bairro do Ipiranga para suas reivindicações, gerava grandes tumultos, desavenças e irritabilidade, sem contar que as necessidades prementes do cotidiano vilaprudentino em sua maioria eram barradas politicamente pelas decisões vindas do Ipiranga. Éramos ainda vistos como crianças, mas intrépidas. A conscientização de lutar muito para merecer destaques, fez com que a gente garrida daqueles anos, em batalhas realmente difíceis na área política, resultasse em vitórias que nos separaram do egoísmo e rigidez dos obstáculos impostos pela vaidade e negativismo dos ditadores daquela época. Ganhando a liberdade, o Bairro de Vila Prudente, ao apagar suas 121 velas, em meio a disputas acirradas em seu próprio território, apesar de ainda convalescer sob o jugo de imperadores e insanidades que proporcionam a população, um mal estar diário, sem reflexões sadias, mais parecendo-nos uma volta ao passado, mas com personagens diferentes, tal como imantados pela hipocrisia e vaidades pessoais, como se ainda, mesmo com 121 anos, nos sugerem uma adolescência ainda inapta, incapaz, confusa, ainda sob as ordens de matutos, que nem sequer habitam a região e portanto fazem por desmerecer mais ainda , as necessidades prementes da comunidade, e isso vindo sempre das hostes municipais, estaduais e federais que consideram o Bairro como uma Vila em seu diminutivo, espezinhando sempre lideranças focadas no progresso, não permitindo-nos que sejam realçados passos mais largos em prol do desenvolvimento local, sem as bênçãos "otoritárias". O olhar lânguido , nefasto, dolorido em cima do povo deste bairro, pelas " otoridades constituídas", fazem-nos recordar das atividades adolescentes, quando somos punidos pelos pais, resguardadas as proporções, não permitindo-nos a liberdade de ação, o crescimento merecido, a educação desejada, o desenvolver de nossos intelectos. Eles não nos dão ouvidos! É preciso unir forças novamente, tal como fizeram nossos antepassados, para que possamos ter autonomia e foco nos projetos do desenvolvimento, tirando-nos assim deste estágio adolescente que nos impetram a força, no apagar das 121 velas.

 
Data de postagem: 24 maio 2012
Postado por: Mario Ronco Filho

<< Iníciar Anterior 1 2 3 4 Próximo Último >>

Página 4 de 4


Enviar
* campos obrigatórios.
Seu Nome:*
Email:*
About You:
Sua localização:
Seu website:
Sua foto:
As imagens não devem ser maior que 500x500 px e 250 kb
Codigo de Segurança:
Digite o código:*
Envie seu comentário:*

Editor e Autor

Jornalista Mario Ronco Filho

 

Jornalista

Mario Ronco Filho

As imagens e vídeos utilizados foram retirados de fontes da internet, exceto as fotos da história.

Rede Social

YoutubeFacebook

Apoio Cultural

  • Círculo Saúde
  • Civitatis
  • DOC Consultoria
  • Colégio Marco Zero
  • Maldi Advocacia
  • MR Comunicações
  • StampTec Peças Estampadas
  • Vipronet Rolamentos
  • Cia de Dança 100 Limite
  • Financial Contabil
  • TTI - Tecnologia Informática
  • Magazine Luiza
  • Projeto 34S
  • Círculo de Trabalhadores de Vila Prudente

COLABORE,

CONTRIBUA

E SEJA UM

PARCEIRO !!?

 

APOIE ESTE PROJETO !!?

 

"Você sabia que a história do bairro de Vila Prudente faz parte do acervo digital nas maiores bibliotecas mundiais, principalmente a Biblioteca Mundial da ONU !?"

 

É simples e fácil!

para VOCÊ e para o seu NEGÓCIO!

Contribua na divulgação do seu bairro.

Mostre quem é você e o que você faz!

 

Faça contato e iremos até você !!!

mario.roncofilho@gmail.com